18 de nov de 2008

Ninguém é insubstituível!?

Quem substitui Beethoven? Tom Jobim? Ayrton Senna? Ghandi? Frank Sinatra? Dorival Caymmi? Garrincha? Michael Phelps? Santos Dumont? Monteiro Lobato? Faria Lima ? Elvis Presley? Os Beatles? Jorge Amado? Paul Newman? Tiger Woods? Albert Einstein? Picasso?
Todas estas personalidades fizeram seu talento brilhar. Cada um marcou a história a sua maneira. Cada pessoa pode fazer o mesmo, pode dar sua contribuição na vida. É preciso que aprendamos a valorizar os pontos fortes de cada um, e não só percebermos os negativos. Se continuarmos focados apenas em melhorarmos as "fraquezas", ao invés de salientarmos as qualidades, seremos o tipo de pessoa que teria, por exemplo, barrado o Garrincha por ter as pernas tortas, Albert Einstein por tirar notas baixas na Escola, Gisele Bundchen por ter nariz grande, Elvis por ser paranóico, Beethoven por ser surdo... e a humanidade teria perdido todos estes talentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário