30 de out de 2010

Podemos contar com nossos amores!

Aquela havia sido uma semana muito difícil para ele.
Empresário dedicado e responsável, enfrentava complicações múltiplas na Organização, que já contava com mais de duas décadas de existência.
Depois de mais uma noite mal dormida, dessas em que nos mantemos despertos, tentando encontrar soluções para os problemas, ele levava a filha caçula, de 5 anos, para a escola.
A alegria da menina fazia com que ele esquecesse, por alguns instantes, de todas as batalhas que o aguardavam. Um breve descanso para aquela alma guerreira.
Pararam o carro, desceram, e como sempre fazia, levou-a até à entrada da instituição de ensino.
Iam se despedir, como de costume, quando ela, subitamente, caiu em pranto e o abraçou fortemente.
Ela nunca reclama de ir à escola. - Pensou ele. O que aconteceu? Ela estava tão bem.
Depois de alguns instantes, sem conseguir falar, ela lhe disse: Papai, quero ir trabalhar com você! - e continuou abraçando-o ainda em lágrimas.
Ele entendeu a razão do pranto, e também se emocionou.
Mesmo sem ele dizer o que se passava em seu íntimo, ela havia percebido que o coração de seu amado pai estava triste.
Não sabendo como expressar sua vontade de ajudar, de fazê-lo alegre novamente, de consolá-lo, ela propõe ir trabalhar com ele.
Que bela e singela expressão de amor... Deste amor que deseja ver aqueles que estão ao nosso lado bem, felizes, em paz.
E nada mais completo e puro que a expressão de uma criança, dizendo ao seu pai: Estou aqui, quero ajudar, não fique assim.

* * *

Irradiamos, sem perceber, tudo aquilo que vai em nossa alma. Mesmo que nos escondamos por trás da mudez, do silêncio, emitimos vibrações constantemente.
Quem tem sensibilidade pode captar. Quem nos ama e se importa conosco está sempre atento, e disposto a ajudar.
E ainda, em muitas oportunidades, a Providência Divina se utiliza desses que estão ao nosso redor, para nos enviar conselhos, palavras amigas e emissões de carinho.
Sim, o Criador nos fala das mais diferentes formas possíveis. Cabe-nos saber ouvi-Lo.
Na proposta da filha antes citada, talvez estivesse o abraço de Deus dizendo:
Sei que as batalhas são muitas, e que, por vezes, você se sente fraco, impotente. Mas saiba que não está só. Aqueles que o amam, em Meu nome, estão ao seu lado.
Não há vitória sem batalha. Não há conquista sem lutas. O guerreiro merecedor do descanso e do triunfo é aquele que se mantém firme, e que segue até o fim.

* * *

Ao mesmo tempo que estamos cercados de desafios e de lutas, estamos amparados pelo amor das Leis Divinas.
Nunca estamos abandonados, embora muitas vezes achemos que nossa luta é solitária.
Podemos contar com o porto seguro da família, das relações saudáveis da amizade, e com a confiança de que tudo acabará bem.
Procuremos sintonizar sempre com os planos espirituais mais elevados, através dos pensamentos positivos e da oração sincera, para que mais facilmente possamos receber o auxílio necessário.
Observemos a vida ao nosso redor, e não nos permitamos fechar nas cavernas solitárias da aflição, da ansiedade, e do autoterrorismo.
As tantas lutas valerão a pena. Tenhamos certeza plena disso.
E, se muitos acham que a vida é feita de incertezas, e se desesperam com facilidade, aqui vai mais uma certeza reconfortante:
A de que podemos contar sempre com nossos amores.